Renan Pimenta – pesquisador e sociólogo

“O Papel das Bandas de Música no Contexto Social, Educacional e Artístico”

renan-convite-lancamento-livro

Em 2010 por meio do projeto cultural, com o nome acima, realização da Caldeira Cultural Brasileira ONG, apoio do Funcultura/Fundarpe, e  Ponto de Cultura Bandas Centenárias Convergência Digital foi lançado no dia 26 de novembro o livro “O Papel das Bandas de Música no Contexto Social, Educacional e Artístico” de autoria do sociólogo Renan Pimenta. O evento foi realizado no Conservatório Pernambucano, dentro da Jornada da Música com apresentação da Banda do Conservatório.

Este livro é um tratado inédito sobre as bandas de música. Foi a principio a monografia do autor para conclusão do curso de sociologia na UNICAP. Servi como panorâmica das comunidades interioranas (a sociedade, as festas populares e religiosas) onde a música e a banda fazem parte. Ele também trata da educação, cultura e inclusão social das cidades, principalmente da juventude. Fornece ao leitor uma visão de Sociologia, Educação, Música, Antropologia e História do Brasil.

É um tratado científico inédito, fruto de vários anos de pesquisa e vivência em bandas de música. Os acontecimentos religiosos como as procissões, missas solenes, novenas, etc. são também tratados no livro, pois a banda exerce uma função teológica ampla dentro da liturgia nesses eventos. O circo, o teatro e principalmente o carnaval também fazem parte do papel das bandas. Enquanto objeto de pesquisa as bandas compõem estudo científico sobre evolução e variação durante quase dois séculos de existência aqui em Pernambuco.

livro lançado em 2010

O livro também se apresenta como importante ferramenta de recurso cognitivo, extra-musical, para as bandas, estudantes, pesquisadores e amantes da música que encontrarão fatos pitorescos que bem traduzem o caráter cultural do conceito banda de música. Os interessados terão neste livro o histórico do que foram as bandas e o que são atualmente. Os leitores mais novos, em quase sua totalidade, desconhecem a evolução histórica das bandas, suas composições, musicalidade e importante função que desempenham na sociedade. Desse modo o livro é rico em subsídios para trabalhos em diferentes âmbitos do conhecimento, por exemplo: Ciência Social, Antropologia, Música e História.

“O Papel das Bandas de Música” traz o prefácio do Maestro Ademir Araujo, orelhas escritas pelo historiador Evandro Rabelo e pelo Maestro José Menezes, sendo todos eles homens de banda. Projeto gráfico da Alice Santos. Texto final do consultor cultural Arthur BigHead, dirigente da ONG CCB, do Ponto de Cultura Bandas Centenárias Convergência Digital e do Catálogo Online Bandas de Música PE.

O Papel das Bandas de Música no Contexto Social, Educacional e Artístico”

Veja versão resumida do livro

  • PARTE I   – O Papel das Bandas de Música no Contexto Social, Educacional e Artístico
  • PARTE II  – O Papel das Bandas de Música no Contexto Social, Educacional e Artístico
  • PARTE III – O Papel das Bandas de Música no Contexto Social, Educacional e Artístico
  • PARTE IV – O Papel das Bandas de Música no Contexto Social, Educacional e Artístico
  • PARTE V  – O Papel das Bandas de Música no Contexto Social, Educacional e Artístico
  • PARTE VI – O Papel das Bandas de Música no Contexto Social, Educacional e Artístico
____________
________________
______________________
_______________________________
_________________________________________
 
Sobre o autor (professor, pesquisador e sociólogo)

Renan Pimenta (1946/2011)

Falecido no final de 2011 o sociólogo, professor e pesquisador Renan Pimenta colaborou na formação de conhecimento organizado sobre as Bandas de Música de Pernambuco.

Sua análise se estende por um período de 160 anos de história das Filarmônicas em Pernambuco, e ação sócio-pedagógica-estética, destas instituições espelhadas por todas as regiões do estado.

Por mais de  20 anos foi integrante da diretoria da Banda Capa Bode (Euterpina de Nazaré da Mata).  Realizou vários encontros de bandas durante 18 anos em Nazaré da Mata.

Em 1996, juntamente com o Maestro Ademir Araújo, e outros músicos, fundou a Federação de Bandas de Pernambuco. Renan Pimenta ficou a frente da Federação até o ano que faleceu.

Entusiasta na preservação destas instituições vislumbrava a importância do estudo e exercício da música como atividade educadora na formação e desenvolvimento humano.

Defendia a tese que a sede de Banda serve como centro de iniciação na percepção da Música como arte e ciência, bem como, nas mais diversas relações entre ela e outras ciências humanas, ciências da natureza e ciências exatas. As sedes servem como local ou laboratório, em cada Município, que abre possibilidades de novos horizontes para estudantes e músicos do interior.

O estudo do sociólogo realizado durante décadas mostra que: enquanto instituições musicais, tais grupos se diferenciam dos outros, por meio da mobilidade e utilização de instrumentos acústicos, ou seja, tocam em locomoção pelas ruas sem utilização de equipamento de amplificação. Outro diferencial é que suas sedes funcionam como escolas profissionalizantes nas muitas cidades do interior de Pernambuco. Analisou três importantes contextos: Social, Educacional e Artístico e aspectos ligados ao conteúdo da História da Música inerentes a esses conjuntos dentro da realidade brasileira.

Em vida o sociólogo participou de vários cursos:

  • Bacharelado em Sociologia – UNICAP
  • Língua Portuguesa, Gabinete Português de Leitura.
  • Literatura Luso Brasileira, Gabinete Português de Leitura.
  • História de Portugal, Gabinete Português de Leitura.
  • Antropologia do Açúcar, Museu do Açúcar.
  • Aspecto de Agro Industria Açucareira do Nordeste, Museu do Açúcar.
  • Economia Rural, DCE – UFRPE.
  • Artes Popular, Fundação Joaquim Nabuco.
  • Artes Menores, Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco.
  • Teatro, Escola de Belas Artes – UFPE.
  • Atualização em História de Pernambuco, Dep. De História – UFPE (Especialização).
  • Arte Gótica – Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco.
  • Supervisor de Vendas – SENAC.
  • Museologia – Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco.
  • Evolução do Teatro – FUNDARPE.
  • Pós Graduação em Geografia do Mundo Tropical (Latu Sensu) – Faculdade de professores de Nazaré da Mata, FESP – UPE.
  • Elaboração de Projetos Culturais – Secretaria de Planejamento Social e Centro Estudos e Pesquisa Josué de Castro.

Do mesmo modo participou de vários eventos técnicos:

  • III Congresso Nacional dos Sociólogos – ASPE.
  • I Encontro de Historiadores Municipais – FIAM.
  • XIX Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural – SOBER.
  • I Congresso sobre o sistema preventivo de Educação Libertadora – Inspetoria Salesiana do Nordeste do Brasil.
  • I Simpósio sobre Ação Política e Programas Partidários – Instituto Frei Caneca de Estudos Políticos.
  • Seminários de Estudos Integrados – Projeto Rondon.
  • Faça Humor – Ciclo de Palestra sobre Humor – TV Globo.
  • Encontro Cultural de Pernambuco – DGP, PSE, GPC, SUDENE.

Participou dos vários projetos:

  • Trabalhos na Industria Romi do Nordeste como Pesquisador Externo, na área de Pesquisa de Mercado.
  • Estágio no Centro de Cálculos e Pesquisa da FAFIRE.
  • Projeto Rondon Operação PRO XIV e Operação Especial Capibaribe II.
  • Projeto Cooperativa: Estágio de desenvolvimento e ação cooperativista, UFPE e FECOMIPE, com atuação e trabalho nas cooperativas de Jupi, Lagedo, Capoeira e Belo Jardim, Todas em Pernambuco.
  • Pesquisa sobre trânsito – Operação Mauá, DETRAN e DNER.
  • Professor dos Colégios: Stela Maris, Walt Disney e Curso Pan Objetivo.
  • Professor da UFRPE.
  • Colunista do Jornal do Commercio.
  • Professor do curso de turismo, SENAC e História da Arte.
  • Ator no curso de técnicas de vendas – TV Universitária Recife-PE.
  • Pesquisador do Data Folha.
  • Pesquisador de Mercadoria – Dptº Sociologia – UNICAP.
  • Professor do curso de turismo – ICT (Instituto de Cultura Técnica).

Participou com publicações, consultoria e colaboração escrita, em vários periódicos tais como:

  • Artigos publicados no Jornal do Commercio, Recife-PE.
  • Artigos publicados na Gazeta de Nazaré – Nazaré da Mata-PE.
  • Trabalhos publicados na Revista de História, comemorativa dos 150 anos da emancipação política de Nazaré da Mata.
  • Manteve uma coluna sobre arte, intitulada Aspectos Culturais do Jornal da Praia de Olinda. Quinzenário de circulação de Olinda e Recife.
  • Monografia para obtenção do grau de “Bacharel em Sociologia” pela Universidade Católica de Pernambuco, Título – O papel das Bandas de Música no contexto social, Educacional e Artístico em Pernambuco.
  • Revista História Municipal nº 3, 4, 6 e 7 CEHM. FIAM/PE.
  • Revista comemorativa aos 100 anos da Euterpina Juvenil Nazarena. Editor e colaborador.
  • Publicação no projeto governo nos Município. Séc. de Planejamento/FIDEM.

Participou em várias associações:

  • Sócio do Centro de Estudos de História Municipal da FIAM. Recife-PE.
  • Sócio do Instituto Cultural do Vale Caririense, Juazeiro do Norte-CE.
  • Sócio do Instituto Genealógico do Cariri, Crato-CE (fundador)
  • Sócio da União dos Ex-alunos Salesianos, Recife-PE.
  • Presidente da Federação das Bandas de Música de Pernambuco
  • Curador do Ponto de Cultura Bandas Centenárias convergência Digital

Ao longo de décadas o sociólogo Renan Pimenta adquiriu amplo conhecimento que lhe permitia propagar ideias e análise em outras áreas:

  • Conhecimento de Publicação, divulgação, planejamento, educação, editoração, relações públicas, redação publicitária, propaganda artística e cultural, pesquisas sociais, mercadológicas, antropológicas, história arquivologia, marketing, produção e supervisão de vendas, desenvolvimento comunitário, desenvolvimento urbano, desenvolvimento rural, planejamento turístico, elaboração de roteiros turísticos, planejamento municipal.

“Homenagens a memória do pesquisador, sociólogo Renan Pimenta”:

_____________________________________
_____________________________
_______________________
__________________
______________
veja aqui o Clipe  – “o silêncio de Pimenta”  //  homenagem ao pesquisador Renan Pimenta  // in memoriam  // música e arranjo do SO Ivan do Espírito Santo homenageando a memória do defensor das Bandas de Música em PE: Renan Pimenta //
____________________________________
https://euterpinajuvenilnazarena.wordpress.com/renan-pimenta/
____________________________________
veja aqui o Frevo – composto, em 20o2, por Inaldo L. Moreira “Renan anda de Banda”, uma homenagem ao renitente pesquisador e defensor das Bandas de Música de Pernambuco.
______________
__________________
_______________________
_____________________________
_____________________________________
 
http://www.cultura.pe.gov.br/canal/acervo-funcultura/livro-o-papel-das-bandas-de-musica-no-contexto-social-educacional-e-artistico/
 
conheça Web Cast E-books, do Catálogo Bandas de Música de Pernambuco
 
veja também:
Acervo Funcultura  – livro 
falecimento Renan Pimenta
alternativafmamunam.blogspot.com.br/